Cada programa, com duração média de 20 minutos, conduzia o entrevistado para o centro da arena, buscando abordar o não dito e as controvérsias. Um dos diferencias do projeto era a ausência de cenário fixo, valorizando ambientes próprios do entrevistado. Tal escolha foi motivada pela compreensão de que o cenário ajuda a comunicar a história.

Ao longo do projeto foram publicadas 40 entrevistas com personalidades das áreas política, econômica, cultural, artística, religiosa, científica, dentre outras. Passaram pelo Inconfidências nomes como Patrus Ananias (ministro de Estado do Desenvolvimento Agrário), Assusete Magalhães (ministra do Superior Tribunal de Justiça), Marcus Pestana (deputado federal ex-presidente do PSDB em Minas Gerais), Humberto Werneck (jornalista e escritor), Flávio Renegado (cantor e compositor), João Leite (deputado estadual), Bruno Falci (presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte), Lindolfo Paoliello (presidente da Associação Comercial e Empresarial de Minas Gerais), Evaldo Vilela (presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais) e Yara Tupynambá (artista plástica). Todas as entrevistas podem ser assistidas no site www.inconfidencias.com.br.